What is going on at Tandem?

  • Turist

Viagens linguísticas, uma forma cada vez mais popular de viajar

A viagem linguística, uma forma de viajar que combina turismo com aprendizado de idiomas, também conhecida como turismo de idiomas, turismo idiomático ou viagens de idiomas, está ficando cada vez mais popular.

É uma preferência especialmente entre os mais jovens, em particular entre os “Millennials”, que querem conhecer o mundo com a vantagem extra de poder expandir suas habilidades linguísticas e enriquecer seus currículos.

Isso se reflete na pesquisa mundial “New Horizons IV”, conduzida pela WYSE Travel Confederation, que pesquisa os viajantes com menos de 35 anos a cada cinco anos para descobrir suas preferências de viagem. Os resultados de 2017, na que mais de 57.000 pessoas de 188 países diferentes participaram, deixam claro que tanto a “geração do milênio” quanto a geração Z não se limitam ao simples turismo; elas querem viver nos países que visitam e, se possível, aprender suas línguas e culturas.

Se compararmos os dados atuais com os resultados de 2012, podemos ver o interesse em “viver como um habitante local” quase dobrou. Em 2012, foi de 28% e, em 2017, o número subiu para 51%. Isso significa que mais da metade dos jovens de hoje prefere ter mais experiências da vida real do que se sentir como turistas. No caso de estudar uma língua, esta atividade é escolhida por 33% no seu destino internacional, em comparação com 21% que selecionaram esta opção em 2012.

Uma tendência crescente nas viagens linguísticas também é confirmada por aqueles que escolhem combinar as suas férias com o estudo de outras línguas: mais de 20% dos jovens viajantes afirmam ser um turista linguístico, 14% mais do que em 2012; e 23% dizem que sua motivação para viajar ao exterior é justamente estudar outras línguas.

Language travel art courses

O que é o turismo de idiomas?

O turismo de idiomas, ou viagens linguísticas, é um ramo do turismo cultural. Ao contrário das viagens focadas em visitar monumentos, museus e outros locais de interesse turístico em geral, as viagens linguísticas têm como motivação principal aprender ou aperfeiçoar uma língua diferente e, ao mesmo tempo, experimentar a cultura local em primeira mão.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) a define como aquelas “atividades realizadas por pessoas durante suas viagens e permanecem em lugares diferentes de seu ambiente natural por um período de tempo consecutivo de até um ano, a fim de fazer uma imersão linguística em um idioma diferente do seu”.

Sua principal vantagem sobre o turismo cultural clássico é que, além de aprender sobre aspectos culturais, artísticos e históricos e desfrutar de atividades de lazer e turismo, podemos levar para casa o conhecimento de uma língua diferente da nativa, o que nos ajudará a melhorar nosso perfil profissional.

As viagens linguísticas passaram de ser uma atividade de verão, concentrada entre junho e setembro, a uma experiência durante o ano inteiro.

Quem são os turistas linguísticos?

De um modo geral, o perfil típico de um viajante linguístico é jovem, com uma média de 20 a 29 anos, a maioria do sexo feminino, que decide viajar para outro país por motivos pessoais, predominantemente acadêmicos, por uma média de três a quatro semanas.

Em termos de seus países de origem, a OMT observa que os viajantes internacionais mais ativos são americanos, asiáticos (principalmente chineses, japoneses e coreanos), ingleses e franceses. Mas quais são os destinos favoritos? Entre os dez países mais visitados, segundo a UNWTO, estão quatro destinos escolares da TANDEM International, como podemos ver na tabela abaixo:

Turismo de idiomas

Posição País Turistas internacionais (2016), em milhões
1 França 82.7
2 Espanha 75.6
3 Estados Unidos 75.6
4 China 59.2
5 Itália 52.5
6 México 35.1
7 Reino Unido 35.8
8 Turquia 30.2
9 Alemanha 35.5
10 Tailândia 32.5

Fonte: Wikipedia

Estes são países onde os viajantes de idiomas podem encontrar escolas e centros de idiomas reconhecidos, onde podem aprender francês, espanhol, italiano ou alemão, enquanto se imergem na vida e cultura locais.

Desafios para o turismo de idiomas

Uma das principais preocupações ao escolher um país estrangeiro é a segurança. No entanto, muitos turistas idiomáticos parecem não se importar muito, ou ignoram o risco de viajar. Este é o caso do México que, apesar de sua alta taxa de criminalidade, é o terceiro destino favorito para os turistas americanos, ingleses e franceses, perdendo apenas para o Chile e a Espanha.

Os vistos também são outro aspecto importante que pode ser um obstáculo para alguns turistas de idiomas. Alguns países exigem vistos de estudo para todas as pessoas provenientes de países sem acordos com o país de destino, ou com quem têm acordos internacionais, se vão permanecer por mais de 90 dias.

Backpacker

Viagens de idiomas originais com TANDEM

Há muitas alternativas para os turistas linguísticos escolherem, mas poucos permitem experiências verdadeiramente autênticas. Parte da filosofia das escolas de idiomas TANDEM International é facilitar a imersão dos estudantes na língua. Por esse motivo, além das aulas, eles oferecem atividades culturais programadas fora do horário escolar para que você possa fazer amigos e conhecer e viver a cidade como um morador.

Outros programas da TANDEM vão um passo além e incluem cursos de idiomas combinados com atividades. A TANDEM Madrid e os seus cursos de espanhol e paixão aproximam-nos ao flamenco, à gastronomia espanhola e aos vinhos, aos bairros de Madrid, seus museus ou os filmes de Pedro Almodóvar. Na TANDEM San Sebastián, você pode combinar espanhol com surf, passeios a cavalo, aulas de culinária ou rotas turísticas pelo País Basco. Na TANDEM Santiago você pode optar pela enologia chilena ou estudar espanhol enquanto esquia nos resorts próximos a Santiago do Chile. Na Escuela Mediterráneo em Barcelona, você pode desfrutar de visitas guiadas aos impressionantes monumentos da cidade e excursões de fim de semana a locais deslumbrantes que combinam história e natureza. E finalmente, na Acupari, em Cusco, Peru, você pode descobrir os mistérios de Machu Picchu e a cultura andina.

Se você estiver interessado em aprender italiano, no Il Centro você pode combinar aulas de italiano com culinária, cultura italiana ou passeios turísticos em Milão ou Turim. Da mesma forma em Torre di Babele ou Istituto Venezia você pode combinar a aprendizagem de italiano com culinária, música, arte, design, moda, restauração de arte, joias e ourivesaria. E no Centro Machiavelli, você pode desfrutar de culinária, ou ampliar seus conhecimentos de história da arte, ou estudar música e cantar com um soprano ou tenor.

Na França, o Institut Européen de Français oferece uma maneira agradável de aprender francês, oferecendo um intenso calendário semanal de atividades culturais variadas. Na Alemanha, você pode participar de um programa específico para viajantes de idiomas, o “City Hopping”, que lhe permitirá estudar alemão e conhecer Berlim, Bielefeld, Bremen, Frankfurt, Göttingen, Hamburgo, Colônia e Munique.

O que você está esperando? Una-se à tendência do turismo de idiomas.

Conheça todas as nossasescolas de idiomas e prepare-se para viagens linguísticas com a TANDEM International.

2018-11-26T10:35:35+00:002018-11-26|Categorias: Não categorizado|Comentários desativados em Viagens linguísticas, uma forma cada vez mais popular de viajar
This website uses cookies and third party services. OK